quinta-feira, 21 de agosto de 2008

MENINA LINDA
MENINA BELA
MINHA GURIA
MINHA CINDERELA

ÉS O MEU SORRISO
O MEU PARAÍSO
FOFURA PRA SEMPRE
GUARDO NA MENTE

DOS NOSSOS RISOS
SAUDADES MIL
MANA QUERIDA
SER INFANTIL

TRAVESSURAS SUAS
MOLECAGENS NOSSAS
LÁGRIMAS ROLAM
SÓ EM LEMBRAR

DOS NOSSOS BRINQUEDOS
PULOS E MEDOS
MOMENTOS FELIZES
DESENHOS E CRISES

GRITOS E SUSSURROS
VOZES E CANTIGAS
SONHOS E DESEJOS
ESPERANÇA E UM BEIJO

AO ENSINAR-TE
APRENDI A ARTE
PACIÊNCIA E AMOR
SEJA COMO FOR

BRINCANDO DE SONHAR
ACORDEI SEM AVISAR
E POR MAIS LONGE QUE FUI
COMIGO VAI ESTAR

NÃO VEJO A HORA
DE TE ENCONTRAR
NA CHUVA OU NO SOL
TERRA E MAR
LUA E ESTRELAS
SÓ QUERO É ABRAÇAR


ABRAÇAR E ABRAÇAR
À MINHA IRMÃ FERNANDA
QUE TÃO LONGE ANDA
MAS LOGO LOGO
EI DE ENCONTRAR

FÊFE, FEFINHA
FEZINHA, FÊ MINHA
TE AMO PRINCESINHA!

2 comentários:

Ademar disse...

Lindo poema Dai,vc consegue traduzir em palavras todo o amor que vc sente pela Fe...muito lindo, parabens!!!
Saudades. Beijos

ninee. | torres disse...

q lindoooo!!

ainda não conseguimos entregar pra ela, mas já comentei e tu precisava ver a ansiedade...
=)

beijo beijo beijo beijooo!
=))