domingo, 16 de março de 2008

Eu quero sempre mais

Eu quero sempre mais
Mais carinho e atenção
Eu quero sempre mais
Muita sorte e diversão

Eu quero conhecimento
Fazer alguém sentir feliz
Estar feliz cada momento
Isso é tudo o que eu quis

Eu quero sempre mais
Poder abraçar o planeta
Escrever, ler , rir, dançar
E quem sabe ser poeta

Eu quero um bolo disso
Pedaço daquilo vai bem
Sentir o gostinho da vida
Agradecer aquilo que tem

Eu quero mai s amigos
Eu quero ma i s amores
E quero sempre vivos
Os meus grandes valores

2 comentários:

Ademar disse...

Daiane, parabéns pela iniciativa da criação deste blog !!!

Espero que através dele você possa mostrar todo seu talento como escritora, algo que fica evidente nesse lindo poema que você escreve, e que neste espaço você possa exercer todo seu lado crítico e doce ao relatar sua visão sobre acontecimentos do cotidiano como uma ótima jornalista que já és e que com o tempo, aprimorará ainda mais.

Tenho certeza que seu talento será reconhecido e espero que este blog gere, futuramente, bons frutos para sua carreira de jornalista e escritora.

Te desejo muita sorte e sucesso!!

Beijos

Daiane Torres disse...

Respondendo aos que já me perguntaram e às futuras indagações: Sim! O poema que está postado é de minha autoria, assim como todos os textos publicados e futuros. Tentarei ao máximo não usar cópias, colagens e afins de outros autores, a não ser que seja algo muito importante para mim e que faça sentido e menção ao assunto relatado. Mas se usar, irei postar também abaixo o nome do autor e fontes. Obrigada! bjus